Latest Release:
7/12/2019
Version: 3.9
Price: Free
(release notes)

 

Attributes

Bicycles are permitted Scenic Views Available at all times No hiking required Volume required

License

Creative Commons License

Request Source

WRC PEC 1 Ermidas-Ermidas 

  • Average Rating: 4.5 stars
  • Created by: MightyReek
  • Submitted by: Premium Member MightyReek
  • Start at:  N 38° 00.655 W 008° 22.922
  • Location: Portugal
  • Play Time: Less than 1 hour
  • Date Added: 11/14/2011 1:44 PM
  • Last Updated: 7/12/2019 4:56 PM
  • Downloads: 277
  • Completions: 10

Wherigo Rally Cache PEC 1 Ermidas - Ermidas

About This Cartridge

Distancia a percorrer: 27 km
Tipo de piso: terra batida
Altitude minima: 50 metros
Altitude maxima: 73 metros
Velocidade media: 20 km/h
Tempo estimado: 0h30 (apenas travessia)
No Inverno o troco nao e aconselhado a veiculos baixos.
Existe uma zona de buracos com muita lama.
Existem duas ribeiras que e preciso atravessar, devem analisar com atencao o nivel da agua.
Veiculos TT nao devem ter dificuldades a percorrer o troco.
Qualquer dano nos veiculos e da responsabilidade de quem escolher seguir o troco. 

Starting Location

Ermidas-Sado 

Recent Cartridge Logs:

Groundspeak Premium Member Geonorth80 played it on 4/25/2013

Rating: 5 stars

Quanto a estas duas Wherigos, PEC 1 e PEC 2, só podemos dizer: A-DO-RÁ-MOS!!! Bem podíamos ficar por aqui neste log, pois ficava tudo muito bem dito, mas não conseguimos. Temos que contar a nossa aventura. Primeiro não percebemos nada de ralis e eu, em particular, estava sempre a levar nas orelhas: ora porque não mudava de pneus, ora porque a suspensão estava nas últimas, ora porque os travões estavam pela hora da morte. Digo-vos, se aquele fosse o meu carro real, teria feito mais de metade do percurso à pé ou então não o teria feito de todo, porque passara toda a tarde e noite a espera do reboque!! Felizmente o J. foi mais inteligente e lá preparou o carro como deve ser. Confesso que também tive enorme receio (cagufa mesmo, para ser sincera), em passar o rio (qual ribeira qual quê!!). Já ao vê-la ao longe me pus aos gritos: "Não passa!!, não passa!!", mas o J. é mesmo um destemido (para grande infelicidade do seu geopopó) e decidiu arriscar. Claro, não sem antes haver um mútuo acordo de que, se o carro empanasse no meio da travessia, era ele quem molhava os pézinhos e empurrava o carro. Felizmente nada disso foi necessário, porque o geopopó portou-se à altura (da água). Para bem dos ouvidos do J.! Mas não foi tudo; ainda tivemos um pouco de bailado (do geopopó) na lama. Desta vez nem tive tempo de gritar, barafustar, esbracejar, praguejar, porque quando dei conta já estávamos do outro lado. Fantástico!! Aquele carrou bem subiu bastante no rating da minha consideração!! Adorámos as bombas de gasolina, muito embora houvesse lá uma que quase foi necessário passar com o carro por cima dela para conseguir abrir!! Mas tranquilizem-se os próximos geoaventurosos porque deixamos a coisa mais fácil (nem todas as pessoas andarão com martelo e luvas "de protecção mecânica" no carro, certo? Ahhh, também não podemos esquecer as avenidas de areia que atravessámos.... tiiiiii, foi por um triz que não ficámos lá atascados!!! (se o J. negar este facto, é pura mentira, acreditem-me!). E só para que fique registado, não conseguimos fazer o troço cronometrado em tempo porque as pilhas do GPS morreram mesmo mesmo naquela altura. Uma manhã inteira de rali e as malditas tinham que acabar ali, pode uma coisa dessas?? Por fim, antes que nos mandem calar, desenganem-se aqueles que vão para ali fugir do trânsito e do pára-arranca. Pois... sim... esqueçam! Porque ainda ficámos ali uns quantos minutos a espera que um "comboio" de vacas e mini-vacas passassem. Bem pior que os semáforos de algumas zonas de Lisboa, garanto-vos!! E é essa a nossa narrativa de uma manhã muito bem passada!! Recomenda-se!!

[permalink]

Groundspeak Regular Member Lucmanx played it on 9/22/2012

Rating: 4 stars

Espectacular esta cache , muito bem pensada e muito divertida , gostámos muito . Parabéns .
Só tive pena que o container final fosse uma simples caixa de plástico e não um container ligado ao tema da cache . O subaru portou-se lindamente , só teve uma pequena avaria mecânica prontamente resolvida pela equipa de mecânicas que me acompanharam na prova .
TFTC

[permalink]

Groundspeak Premium Member IDILIO49 played it on 6/10/2012

Rating: 4 stars

@13:05

A prova estava preparada portanto iria ocorrer desse por onde desse, portanto foi só uma questão de colocar os veículos TT's no porta-bagagens e siga para o parque da partida. Informações de percurso recebidas e foi arrancar por ali fora seguindo as instruções até à grelha de partida. Chegados lá primeiro contratempo, necessidade de escolher um carro e escolhi um carro com uma avaria mecânica tão grave que o Oregon fez caput...(como achei que o troço de ligação era pacifico não fui gravando, erro grave porque depois era bem longe para voltar ao parque). Então siga apenas com um carro, que é como quem diz um Oregon. Inicio da prova em Terra Batida e uma chamada a informar que íamos ter companhia...siga para a frente que é o melhor.
Depois de levantar pó para o olival e uma curva apertada com travão de mão chegámos a um troço paralelo à ribeira onde os sinais da lama eram bem visíveis, nada que um cheirinho no acelerador não resolvesse e nem os buracos se fizeram sentir. De seguida passagem pela primeira ribeira a fazer espirrar água (ou lá que era aquilo), e sempre de lado a contornar mais um olival privado, seguindo-se uma subida com uma curva apertada quase a entrar em pião. Aqui começámos a afastar mais da ribeira e a área era mais dos dourados dos campos alentejanos e dos Chaparros. Passagem pela segunda ribeira, esta com bastante mais água que a primeira (ou então não), e claro que inesperadamente nos apareceu uma manada de rezes à frente, tendo de jogar pés a fundo ao travão e levar com uma penalização de 5 minutos à espera que o bezerro que estava a mamar esvaziasse as tetas todas de forma a permitir que a vaca que estava completamente imóvel no meio da estrada de lá saísse. Por forma a recuperar o tempo perdido com a vaca, prego a fundo e a levantar pó na próxima curva, grande erro, pois entrámos a abrir na primeira porta e o carro sofreu danos irremediáveis de tal forma que não mais dali saiu (o 2º Oregon foi à vida). Como o mecânico tinha cometido alguns erros técnicos e esquecido de gravar as últimas configurações era preciso recuar um bom bocado para apanhar as peças perdidas e atravessar novamente a manada de vacas....optámos por completar o resto do percurso em marcha lenta apenas para fazer o reconhecimento do trajecto. Depois desta volta de aquecimento/reconhecimento partimos então para uma nova volta cronometrada e já a valer e com o reforço de mais 2 mecânicos. Como o percurso já estava reconhecido foi sempre a abrir apenas com o cuidado dos mecânicos irem frequentemente gravando as configurações da máquina, com a má experiência da volta de reconhecimento abrandámos na entrada da 1ª porta, mas nada que não evitasse uma avaria grave, mas desta vez com as configurações guardadas foi só repô-las e colocar as mãos na massa, quer dizer no alicate para reparar as peças estragadas...o primeiro mecânico pensava que a coisa ia lá com jeitinho...mas isto da mecânica é preciso é força , veículo reparado e arranque a patinar com um pit stop a seguir para cumprir o protocolo. Na porta seguinte já não nos deixámos enganar e depois foi cumprir os limites de velocidade até chegarmos ao parque fechado. Aqui foi procurar pela Taça que não demorou muito a aparecer e subir ao pódio para receber os prémios e os códigos respectivos.
Muito boa cache, com tudo preparado milimetricamente e de forma muito bem trabalhada e conseguida.
Paisagens soberbas num percurso quase sempre junto à ribeira e acompanhado por centenas de cegonhas.

[permalink]

Groundspeak Premium Member Gouldians-Team played it on 6/10/2012

Rating: 5 stars

Este foi a minha primeira wherigo e posso disser que adorei.
Foram feitas duas voltas ao percurso, primeiro no Opel Corsa do Idilio49 que o fez bem, o cartucho do Idilio rebentou logo na partida e o meu na porta 1, como era a primeira vez não estávamos a gravar o jogo por isso deu barraca.
Como tínhamos recebido uma chamada que vinha mais pessoal para fazer a Wherigo fomos ter com eles para começar de novo.
Desta vez já viemos de Jipe juntamente co o Ernesto Garcia e a pilotar a Boys&Girls (Teresa), aqui a coisa correu muito bem, já com gravação a todos os pontos, gostei bastante do percurso e esta muito bem construído, daqui seguimos para o próximo.

[permalink]

Groundspeak Premium Member Ernesto Garcia played it on 6/10/2012

Rating: 5 stars

Munidos de um veículo adequado, lá fomos correr este cartucho, passando por zonas cujas paisagens são típicamente alentejanas, o que nos agrada em muito.

O cartucho correu bem, e a final bem escondida.

OPEC

[permalink]

View All Logs | Write Log